Cuidados para o seu Tipo de Cabelo

Hidratação, Nutrição e Reconstrução

Antes de partirmos para os detalhes de cada cabelo, é necessário saber bem a base do tratamento capilar. Ela é composta por três etapas:

Hidratação — que busca repor a água nos fios.

Nutrição — que se preocupa com a reposição de lipídios.

Reconstrução — que repõe as proteínas dos cabelos.

Uma máscara pode não ser a mais adequada para você, por exemplo, porque seus cabelos precisam de nutrição e o creme tem funções reconstrutoras.


A hidratação é o princípio de qualquer tratamento capilar. Por isso, ainda que os seus fios precisem de uma reconstrução ou de nutrição, eles devem ser hidratados antes de receber qualquer tratamento reconstrutor.


Quando um cabelo necessita de uma reconstrução, ele já perdeu uma série dos nutrientes que o constituem, como o alumínio, o ferro, o zinco, o cobre e, principalmente, a água. Tudo isto antes que ele inicie o processo de perda de proteínas.


Por esse motivo, fazer uma hidratação antes de qualquer tratamento é essencial, afinal, a reconstrução ou a reparação podem desidratar o cabelo, daí a necessidade de preparar bem a fibra capilar.


O grande objetivo da nutrição é fazer a reposição lipídica dos fios, lubrificando a fibra e selando a hidratação dos fios. As proteínas são beneficiadas pela etapa de reconstrução. Já os lipídios, o glicogênio e a água são beneficiados no momento de hidratar e nutrir os cabelos.

Ao contrário do que o senso comum afirma, não são somente os alisamentos, os tingimentos e os outros processos químicos os responsáveis pela mudança na estrutura do cabelo e pela consequente necessidade de reconstrução. A exposição excessiva ao sol, ao vento, à poeira, bem como o uso constante de secador, babyliss ou chapinha também causam danos à saúde dos cabelos.


A hIdratação definitiva e a selagem

 

Um dos maiores mitos dos salões de beleza é a hidratação definitiva. Hidratar a fibra capilar é um cuidado que deve ser constante e, de preferência, com produtos de confiança, que forneçam todos os ingredientes necessários aos seus fios. Não há uma hidratação definitiva que hidrate o cabelo de maneira permanente!


Já a selagem sofre com desencontros de vocabulário. Ao contrário da definição fornecida pelo senso comum, selar não significa alisar. Este verbo precioso para quem deseja manter o bom aspecto dos fios se refere ao fechamento deles, criando uma camada protetora.

Esta etapa é extremamente importante, especialmente, para cabelos porosos. De nada adianta fazer uma bela hidratação se toda a água reposta evaporar em poucas horas. Assim, depois de hidratar os fios, selamos esta etapa com ingredientes que os protejam e dificultem o processo de perda d’água.

Para potencializar a hidratação dos fios, é preciso seguir as seguintes etapas:

Click aqui para ver o vídeo da aplicação e uso do nanomist. 

Além disso, o calor produzido pelo programa de aplicação nanomist abre as cutículas dos fios, facilitando a absorção das substâncias.

A porosidade nos cabelos tem tratamento?

Sim, há tratamento! No entanto, como os cabelos são formados por tecido morto, que não se regenera, os danos de fibra capilar não podem ser curados. Uma vez danificados, todo o processo para tratamento dos fios porosos tem como objetivo mascarar estes efeitos de forma temporária.

Daí, a necessidade constante de aplicação dos produtos nutritivos e reconstrutores. O preenchimento das fissuras entre as cutículas dos cabelos é feito por meio das seguintes formas: instantaneamente, com a aplicação de leave-ins, ou de maneira duradoura, por meio de umectações e de tratamentos de arginina, proteínas e ceramidas.

Ampolas de vitaminas

As ampolas são ótimas soluções para obter melhores resultados durante o tratamento de hidratação. Enriquecidas com vitaminas e ingredientes reparadores, elas são acessíveis e podem ser combinadas ao tratamento diário para os fios. No entanto, é preciso cuidado para escolher o produto que irá suprir as necessidades de seus cabelos.

Vale lembrar: não misture o conteúdo das ampolas ao pote de creme. Faça a mistura separadamente em um recipiente, obedecendo a proporção de uma ampola (cerca de 5 mL) para três colheres de sopa de creme.

Aplique, imediatamente, nos fios, massageando-os e deixando agir pelo tempo referido na embalagem do creme. O extrato de uva e o de bambu, por exemplo, são universais: o primeiro ajuda a dar brilho aos fios e o segundo fortalece a raiz, estimulando o crescimento do cabelo.

Ao longo do texto, indicaremos, também, as melhores ampolas de vitaminas para cada tipo de cabelo.

Cabelos oleosos

Geralmente, quem tem a pele oleosa também costuma ter os cabelos oleosos. Por isso, evite alimentos gordurosos e fique atento aos cuidados diários. Mexer muito nos cabelos, prender os fios e usar chapéus para disfarçar só piora o problema.

Por esse motivo, o melhor é deixá-los soltos, para que o ar circule entre os fios e melhore a respiração do couro cabeludo. Se o seu cabelo é liso e oleoso, busque por ingredientes como glicosamina, glicerina e óleo de damasco, que não pesam os fios e deixam eles bem soltos. Passe os ingredientes da metade do cabelo para as pontas, jamais na raiz!

Os cabelos oleosos, também, podem ser resultado de um excesso de cosméticos, que tendem a acumular resíduos no couro cabeludo. Aos poucos, os fios ficam mais oleosos e o crescimento deles é interrompido.

Por causa deste fenômeno, tem sido difundida a prática do detox capilar. A intenção da desintoxicação é limpar a pele, em que o fio nasce. O tratamento pode ser feito com aplicação de proteínas, multinutrientes, extratos de ervas e suco verde.

A linha profissional L´oreal age purificando e oxigenando o couro cabeludo, oferecendo nutrição e condicionamento aos fios.

Ele é eficiente no combate à oleosidade excessiva e na eliminação de resíduos acumulados no couro cabeludo.

Cabelos secos

Cabelos ressecados são os campeões nos pedidos de socorro de salões de beleza em todo o país. Você sabe como identificá-los? As principais características de uma cabelo ressecado são a aspereza, a falta de maleabilidade e um barulho, semelhante ao barulho da palha, quando esfregamos os fios uns nos outros.

Embora não seja exclusividade deles, os cabelos cacheados possuem maior tendência a ressecar. Como dissemos antes, este fenômeno se deve à própria estrutura dos fios, que cria obstáculos para a oleosidade do couro cabeludo chegar às pontas dos cabelos. Por isso, separamos algumas dicas especiais para as cacheadas!

Que tipo de produtos os cabelos cacheados devem usar?

A hidratação é um procedimento essencial para os fios ressecados. Shampoos para cabelos cacheados devem limpar as impurezas sem influenciar na oleosidade natural dos fios.

Ao fazer a hidratação em casa, lembre-se bem de espalhar os produtos ao longo do fio, jamais deixando chegar na raiz.

Alterne o procedimento caseiro com uma hidratação profissional, pelo menos, uma vez ao mês, para que o seu cabeleireiro também possa acompanhar o estado dos seus cabelos.

Cabelos tingidos

Os fios tingidos são alguns dos que demandam maior cuidado. Colorações suaves pedem, pelo menos, a cada quinze dias, uma sessão de nanomist hair para cabelos coloridos para manter a durabilidade da cor e evitar o desbotamento.

Já quem usa soluções clareadoras precisa repor os nutrientes perdidos no processo, daí a necessidade de usar uma máscara de nutrição uma vez por semana.  Mechas, alisamentos e descolorações pedem ainda um tratamento com nanomist hair de reconstrução a cada semana.

Cabelos descoloridos

Os cabelos descoloridos perdem uma série de nutrientes no processo e, por isso, a etapa de nutrição é tão essencial para os fios.

Outra situação em que é preciso ficar de olho é a chegada do verão. A menos que você não tenha problemas com fios em tom de musgo, é melhor ter cuidado ao entrar na piscina.

Cabelos volumosos e com frizz

O frizz é constituído pelos cabelos quebrados ou que ainda estão nascendo no couro cabeludo. Eles se arrepiam por causa da eletricidade e das variações climáticas. Por isso, não há formas eficientes de acabar com o frizz. Tudo o que fazemos é prevenir a sua formação e mascarar os já existentes.

Produtos que pretendem diminuir o frizz podem atuar das seguintes formas: fortalecendo os fios, prevenindo a quebra ou promovendo o que chamamos de maquiagem capilar. Mascarar o frizz dos cabelos é um processo descomplicado e, para isso, você precisa apenas de silicones, produtos de modelagem, leave-ins ricos em manteiga e/ou óleos vegetais, séruns, dentre outros.

Cabelos danificados

Processos químicos mais fortes, com potencial para danificar os cabelos, demandam um tratamento reconstrutor, tratando as camadas externas do fio. É essencial que, nestes casos, as primeiras etapas sejam feitas no salão de beleza, com acompanhamento de um profissional de confiança. A vitamina D também é benéfica para cabelos enfraquecidos e com pontas duplas.

Cabelos com química

Chamamos de “química” qualquer tipo de progressiva, de relaxamento ou de tratamento que interfira na estrutura capilar, incluindo tingimentos, luzes e as escovas japonesas.

Estes cabelos exigem cuidado especial para tratamento, pois alguns componentes químicos não são compatíveis entre si. Por esse motivo, é necessária uma avaliação prévia dos fios com a ajuda de um profissional, antes da aplicação de qualquer tratamento.

Neste cenário, o ideal é fazer um teste de mecha para verificar a tolerância dos fios, identificando, assim, o quanto eles foram forçados para que não fiquem ainda mais frágeis.

Cabelos alisados e relaxados

Após o processo de alisamento, os cabelos podem ficar ressecados, enfraquecidos e oleosos, perdendo, até mesmo, o balanço e o brilho. Para que estes cabelos fiquem com uma boa aparência, é preciso fazer uma boa hidratação periodicamente com o nanomist hair, e procurar por produtos que removam a oleosidade do couro cabeludo.

Está considerando fazer um novo processo de alisamento?

Antes, verifique com o médico do nanomist club se os seus fios estão em bom estado para receber o procedimento. Caso os seus fios estejam muito danificados, considere fazer uma hidratação com o nanomist hair e uma reconstrução de queratina antes do alisamento.

Quanto menor o número de lavagens, mais tempo o alisamento persiste. Por isso, procure lavar os cabelos, ao máximo, a cada dois dias. Alterne, também, entre linhas reconstrutoras, que repõem a massa dos cabelos, e linhas hidratantes. Caso a sua raiz fique oleosa, considere usar, vez ou outra, um shampoo seco.

O nanomist hair no programa de ação térmica ajuda a prolongar o efeito dos alisantes, já que a maioria deles é termoativada. Por esse motivo, não deixe os cabelos secarem naturalmente!

Apenas tenha cuidado com a temperatura da chapinha ou do secador: não deixe que estes aparelhos ultrapassem os 180 ºC.

Ainda tem dúvidas sobre qual é o melhor cuidado para os seus fios?

Procure a ajuda de um profissional do staff do nanomist club para avaliar os seus cabelos e indicar o melhor tratamento para eles.

Um bom cabeleireiro precisa estar sintonizado com novas tecnologias e saber qual processo químico foi aplicado anteriormente nos seus cabelos para definir os próximos passos.


Combata a coceira e a descamação do couro cabeludo com o Shampoo Dercos Anticaspa Intensivo

A coceira e descamação são os dois principais aspectos que denunciam a incômoda caspa no couro cabeludo. O tratamento é feito com shampoos específicos, mas muitas vezes esses produtos deixam os fios com um aspecto ressecado e opaco. Foi pensando em solucionar esses dois problemas que Vichy desenvolveu o Shampoo Dercos Intensivo com Selênio DS (Dissulfeto de Selênio), que ajuda a eliminar 100% das caspas visíveis a partir da primeira aplicação, devido sua atuação no microbioma capilar.

Shampoo Dercos Anticaspa Intensivo age reequilibrando os fungos causadores da caspa

O tratamento da caspa a partir do microbioma – um conjunto de bactérias e outros microrganismos que habitam o nosso corpo-, especialmente abordado por Vichy, reequilibra os fungos e bactérias do couro cabeludo, reduzindo a colonização pelo fungo malassezia, um dos principais causadores da dermatite seborréica. Além disso, o shampoo nutre, acalma e alivia a sensação de desconforto da coceira.

Veja quais fatores contribuem para o agravamento da caspa

Questões genéticas e alterações hormonais são as principais causas para a descamação no couro cabeludo. Além disso, o estresse, baixas temperaturas e consumo intenso de alimentos gordurosos também podem agravar a situação. No entanto, o problema é mais recorrente entre os homens, já que a atividade da testosterona é maior e ativa a secreção das glândulas sebáceas, que causam mais oleosidade.

Saiba como usar o Shampoo Dercos Anticaspa Intensivo

Com os cabelos molhados, aplique o produto, que possui textura gel creme, em toda raiz. Massageie com cuidado e calmamente, deixando-o agir por cerca de dois minutos e, em seguida, enxágue. Repita o processo, caso necessário. Vale lembrar que o dermocosmético é de uso exclusivo adulto e não deve ser usado e manuseado por crianças.

Compartilhe